Sustentabilidade

Desenvolvimento das comunidades

Ressignificando espaços públicos

Projeto socioambiental da Eletropaulo propicia maior qualidade de vida a moradores de São Paulo

A+ A-
  • Vista aérea - Jardim Eliane (Rua Cananga)
  • Vista aérea - Parque Regina (Rua Leitão da Cunha)
  • Urbanização de faixas - Jardim Eliane
  • Urbanização de faixas - Jardim Eliane
  • Urbanização de faixas - Parque Regina
  • Urbanização de faixas - Parque Regina

Como criar soluções sustentáveis que contribuam para ressignificar os locais em que estão situadas nossas linhas de subtransmissão? E como beneficiar e engajar a população para atuar de forma diferente nesses espaços? 

Com esses desafios em mente, nossos profissionais desenvolveram um modelo de gestão mais eficiente e que conta com a participação da população local. 

Trata-se da urbanização socioambiental das nossas faixas de segurança, iniciativa que consiste em transformar áreas antes cercadas por muros, e muitas vezes utilizadas como descarte de lixo e entulho, em espaços de lazer para os moradores. Sendo assim, evita-se invasões e o descarte desses materiais, que além de representarem um problema de saúde pública, podem contribuir para a contaminação do solo e do lençol freático. 

Nesse modelo de projeto socioambiental, a área é mantida aberta, a fim de proporcionar a visão de todo o terreno. A ação conta com ajardinamento e implantação de vias de piso em blocos de concreto intertravado para não impermeabilizar o solo, permitindo a passagem de água da chuva, condição para manutenção dos jardins e das árvores locais. 

Até hoje, três projetos de urbanização foram realizados em nossa área de concessão, nos bairros Jardim Peri, Parque Regina e no Jardim Eliane, ambos na cidade de São Paulo. A última revitalização, feita no Jardim Eliane, zona leste da capital, tem a dimensão de 7.524 m2. 

“Transformar o local em que atuamos em um ambiente de convivência da comunidade promove uma melhor qualidade de vida aos que residem na região. Após a revitalização, os moradores da comunidade têm se unido para manter a limpeza, a segurança e o bom uso do espaço”, reforça Ariel Martins, engenheiro cartógrafo da Diretoria de Suporte e Security da Eletropaulo. 

Proporcionar o acesso universal a espaços públicos seguros, inclusivos, acessíveis e verdes, em particular para as mulheres e crianças, pessoas idosas e pessoas com deficiência é uma das metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11, que compõe a Agenda 2030 da ONU, com a qual estamos comprometidos.

Notícias relacionadas

Desenvolvimento das comunidades

Iluminando a comunidade e transformando pessoas

Ação voluntária entre Eletropaulo e ONG Litro de Luz instala postes sustentáveis em comunidade de baixa...

Desenvolvimento das comunidades

Vencemos o Cobee 2018

Programa Transformação de Consumidores em Clientes da Eletropaulo é reconhecido como prática referência e...

Desenvolvimento das comunidades

Mais conscientização sobre uso seguro da energia ...

Eletropaulo realiza 500 blitzes de segurança no primeiro semestre de 2018

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.