Sustentabilidade

Mudanças climáticas

Lançada pesquisa inédita sobre os ODS no setor elétrico

Levantamento mostra como as empresas brasileiras pretendem cumprir a Agenda 2030 da ONU

A+ A-

A Rede Brasil do Pacto Global da ONU lançou nesta segunda-feira (04), os resultados preliminares de um estudo que avalia a adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS) por empresas do setor elétrico. 

A iniciativa “Integração dos ODS no Setor Elétrico Brasileiro” é liderada pelos grupos temáticos da Rede Brasil do Pacto Global, que conta atualmente com 44 representantes de empresas e organizações de diferentes setores, entre elas, a Eletropaulo. Das 20 organizações participantes, 65% informaram já considerar a Agenda 2030 em suas estratégias de negócios para a promoção de boas práticas. 

O levantamento foi realizado em parceria com a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FEA-RP/USP) e a PUC-SP, baseado em uma pesquisa efetuada com diversas organizações durante os meses de abril a junho de 2017. 

Quais os ODS mais e menos relevantes para o setor? 

Na pesquisa, as empresas envolvidas identificaram os ODS mais desafiadores de serem internalizados em suas ações, assim como citaram cases de sucesso de implementação com o objetivo de criar um modelo do setor elétrico que inspire e influencie uma agenda pública.

Entre os resultados da pesquisa já divulgados, estão dois mapeamentos sobre quais são os ODS mais relevantes para o setor em termos de contribuições para o alcance das metas e oportunidades de negócios. Os levantamentos se distinguem por ramo de atuação — um mapa foca em organizações com atividades concentradas em geração; outro reúne as que atuam em distribuição e transmissão.

Conforme já esperado, o ODS de nº 7 (Energia limpa e acessível) foi elencado em primeiro lugar por todas as empresas participantes do estudo, tanto como oportunidades de negócios, como no que tange aos impactos que o setor poderá ter para o cumprimento das metas estipuladas pela Agenda 2030.

No que se refere à matriz de distribuição e transmissão, ainda aparecem com forte destaque os ODS 9 (Indústria, inovação e infraestrutura), ODS 12 (Consumo e produção responsáveis) e o ODS 8 (Emprego digno e crescimento econômico). Já entre os listados como de menor relevância para as empresas de distribuição e transmissão ficaram os ODS 1 (Erradicação da pobreza), ODS 2 (Fome zero e agricultura sustentável) e ODS 14 (Vida na água).

Já as empresas ligadas à geração apontaram o ODS 7 em primeiro lugar quanto aos impactos que estas empresas causam, mas quanto às oportunidades de negócios o ODS 9 foi apontado como o de maior relevância para este subgrupo. Ainda foram destaque desta matriz geração, registrando elevado impacto e oportunidade, o ODS 13 (Mudanças Climáticas) e o ODS 12 (Consumo e Produção Responsáveis). Os ODS 14 (Vida na Água), ODS 15 (Vida sobre a Terra) e ODS 16 (Paz, Justiça e Instituições Fortes) foram os que apresentaram menor grau de relevância nesta matriz.

Notícias relacionadas

Mudanças climáticas

Linhas Verdes de São Paulo

Projeto disponibiliza áreas da Eletropaulo para empresas realizarem plantio de árvores

Mudanças climáticas

Diálogos de Financiamento Climático

Eletropaulo apoiou estudo conduzido pela Rede Brasil do Pacto Global com o objetivo de estimular ...

Mudanças climáticas

Selo ouro pelo segundo ano consecutivo

Programa GHG Protocol reconhece a Eletropaulo por sua transparência no combate às mudanças climáticas...

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.